PLANTAS, MICORRIZAS E MICROBIOTA DO SOLO NA DISPONIBILIZAÇÃO DE NUTRIENTES DE PÓS DE ROCHA

Agriculture, Agrogeology
Conference Proceedings
Cardoso, Irene Maria; Carvalho, André Mundstock Xavier de; Costa, Maurício Dutra; Deliberali, Daniely de Cássia
2013
Português

A busca por uma alternativa social, ambiental e economicamente mais vantajosa às fontes convencionais de nutrientes faz do estudo do potencial de rochas silicatadas para emprego na agricultura especialmente importante. Além disso, no Brasil tem havido uma revalorização da rochagem impulsionada pela situação de dependência estrangeira por fontes solúveis de nutrientes, o que gera demandas crescentes por pesquisas. No entanto, alguns trabalhos têm sido realizados em ambientes controlados simplificados, negligenciando a ação de organismos do solo, de fungos micorrízicos ou mesmo da planta sobre a magnitude da disponibilização de nutrientes pelas rochas. Neste sentido, conhecer o papel da planta, da microbiota do solo e dos fungos micorrízicos arbusculares na disponibilização de nutrientes de pós de rocha pode ser importante na seleção de práticas ou manejos de solo e cultura visando melhorar a utilização dessas fontes. O objetivo principal do trabalho foi, portanto, avaliar o papel da planta, da microbiota do solo e em particular dos fungos micorrízicos arbusculares na disponibilização de elementos pelos pós de charnockito, esteatito e gnaisse após cultivos sucessivos. O trabalho foi estruturado em um esquema fatorial 4×4, em blocos casualizados, em condições de casa de vegetação, sendo quatro “agentes de solubilização” (apenas a planta (AZm); planta em associação micorrízica (AFM); planta em associação micorrízica e na presença de outros microrganismos do solo (AMb) e apenas solo estéril (ASo)) combinados com a adição das três rochas moídas na dose correspondente a 10 t ha-1 e um controle sem pó de rocha. Os pós de rocha aplicados demonstraramse como fontes efetivas de nutrientes para as plantas e não restringiram a atividade biológica do solo nem a atuação dos fungos micorrízicos arbusculares. O esteatito mostrou-se como fonte expressiva de Mg e Si, o charnockito de Cu e o gnaisse e charnockito de K para as plantas. Embora a atividade biológica seja importante para a disponibilização de nutrientes de rochas, neste estudo a planta demonstrou ser igualmente capaz de atuar sobre a disponibilização de elementos das rochas quando comparada com a presença conjunta da planta com a microbiota do solo ou em associação micorrízica. O solo, isoladamente, demonstrou ter uma capacidade muito inferior de disponibilizar os nutrientes das rochas, indicando a necessidade de mais estudos na presença de plantas em detrimento àqueles com apenas incubação em solo.

Print Friendly, PDF & Email